quinta-feira, 29 de outubro de 2015

ESCOLAS MUNICIPAIS PARTICIPAM COM PRODUÇÕES DA 6a MOSTRA AUDIOVISUAL ESTUDANTIL JOAQUIM VENÂNCIO



PROGRAMAÇÃO

17 de novembro de 2015

O Livro – 13’37’’
Escola Municipal Eunice Weaver
Um livro ocasiona acontecimentos estranhos em uma escola.
Devolva minha aliança – 9’28’’
Escola Municipal Professor Vieira Fazenda
Grupo de amigos acostumados a brincar num cemitério perto de suas casas, certo dia é surpreendido pelo enterro de uma noiva que faleceu ao “pé do altar”. Curiosos, aproximam-se da tumba após a cerimônia, e um dos meninos apodera-se de algo que mudará sua vida a partir deste dia.
O que eu jogo fora? – 1’18’’
Escola Municipal Orlando Villas Bôas
O que realmente é necessário jogar fora? Só coisas materiais? Nesse vídeo é possível perceber que podemos jogar fora outras coisas.
Unauá – 3’55’
Núcleo de Arte Sebastião Bernardes de Souza Prata (Grande Otelo)
Unauá conta a história de seu povo, que vivia em paz com a natureza, até que um monstro decide invadir e comer suas terras: as plantas das matas, os bichos, o rio, o mar e até o céu! Será que a tribo de Unauá conseguirá vencer o monstro destruidor da natureza e comedor de terras? Animação na técnica stop motion com desenhos e recortes.
O que rola? O que roda? Rodopia...? – 2’29’’
Núcleo de Arte Avenida dos Desfiles
Criação coletiva, com várias pequenas histórias que têm em comum movimentos ou formas circulares (em desenhos e/ou objetos).
#Conectados – 5’25’’
Escola Municipal Professor Vieira Fazenda
O filme mostra algumas situações onde o uso da tecnologia, principalmente as redes sociais, substitui e altera relações cotidianas.
Seus Passos – 4’43’’
Escola Municipal Monteiro Lobato
Adan é um adolescente em conflito que quer trilhar seus próprios passos. Mas sua escolha pode ferir seus pais.

18 de novembro de 2015

A vida de Cristal e Rafael – 11’50’’
E.M. José Aparecido Sarti
Conflitos diários entre um menino e uma menina de 11 anos.
A Lembrança – 8’26’’
E.M. José Aparecido Sarti
Roberta não consegue esquecer o que aconteceu com seu pai. E essa lembrança a segue no seu cotidiano.
A Fuga – 8’22’
E.M. José Aparecido Sarti
Um filme sobre solidão, encontros e fazer filmes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário